O assalto mais louco do mundo aconteceu no Rio de Janeiro e teve um desfecho hilário

Fonte: Reprodução

Conhecida mundialmente como sendo a “Cidade Maravilhosa”, o Rio de Janeiro vem sendo palco de uma série de crimes, sendo grande parte deles assaltos à mão armada.

Causando pânico em toda a sociedade e deixando cicatrizes eternas em uma verdadeira legião de vítimas, que muitas vezes serão apenas mais um número nas estatísticas de violência e jamais verão seus agressores atrás das grades por terem cometido tamanho mal, muitos indivíduos colecionam histórias de desespero envolvendo os diversos assaltos protagonizados na cidade.

Terminando algumas vezes da pior maneira possível, os frequentes roubos se tornaram um medo geral que assombram moradores e turistas de todas as idades, jamais contando com um final feliz.

Recentemente uma moradora da capital carioca foi vítima de um assalto que procedeu de uma forma um tanto quanto hilária e inusitada, e teve sua história contada por sua irmã por meio das redes sociais.

O assalto que teve um desfecho hilário

Saindo para curtir o Carnaval nas ruas do Rio de Janeiro, a irmã da internauta identificada apenas como Krish, foi abordada por um assaltante na região boêmia da Lapa e protagonizou um diálogo no mínimo inusitado com o meliante.

Dirigindo-se para uma área movimentada e próxima a uma viatura da Polícia Militar para solicitar um Uber por meio de seu aplicativo de celular, a jovem foi abordada por um rapaz que chegou e a abraçou de forma carinhosa.

Acreditando que a abordagem estivesse sendo feita por um affair de Carnaval, ela se deu conta de que estava sendo assaltada apenas quando o meliante encostou uma faca em sua barriga.

Desconfiada, ela se certificou de que a arma branca realmente poderia lhe ferir e desesperada, iniciou um diálogo com aquele que insistia para que a mesma lhe passasse o celular.

Durante o bate-papo e uma negociação envolvendo o que de fato ele poderia roubar, ambos se descobriram vizinhos e a partir daí, um assalto um tanto quanto amigável ocorreu, sem que a mesma sofresse algum tipo de lesão física e maiores danos em relação à subtração de seus bens.

O relato da irmã da vítima:

Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução
Fonte: Reprodução

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here