Sua saúde corre perigo! Veja o que acontece se você ficar muito tempo sem fazer amor

É um fato incontestável de que quem mantém uma rotina diária envolvendo relações íntimas com sua parceira ou parceiro, naturalmente é bem mais feliz do que uma pessoa que não possui tal rotina.

A sensação de bem-estar é constante e precisamos dizer que quem pensa que o ato mexe apenas com o lado emocional de uma pessoa, precisa ler com urgência o que vamos explicar logo abaixo.

Foto:Reprodução

O que acontece se você ficar muito tempo sem fazer amor?

A verdade é que se uma pessoa fica muito tempo sem desfrutar dos prazeres íntimos, ela acaba com o tempo notando algumas mudanças em seu corpo.

Pessoas que não vão para cama com frequência para fazer amor sofrem com o envelhecimento precoce e um leve ressecamento de fios e pele. Durante o ato, o organismo libera muito estrogênio, hormônio este que fica responsável por combater o envelhecimento e o ressecamento dos fios capilares e da pele.

Vale lembrar que a falta de tal prática resulta na incapacidade de cumprir tarefas simples que exigem um pouco mais de esforço, se você sempre se queixa de dores espalhadas pelo corpo e não consegue ter uma flexibilidade padrão, ir para a cama pode resolver o seu problema.

Foto:Reprodução

Não podemos esquecer também que fazer isso, significa fazer atividades físicas, você deve estar se perguntando como é possível fazer tal relação. O motivo é bem simples, em pleno ato, o corpo utiliza muita força e usa seus músculos, como se estivesse se exercitando.

Com eles trabalhando, acabam se tornando cada vez mais fortes e como todos sabem, atividade física significa saúde. As mulheres que ficam muito tempo sem brincar de papai e mamãe, também são extremamente prejudicadas, contando com as “consequências”  já citadas anteriormente, tem um extra.

Elas podem sentir cólicas fortíssimas durante seu ciclo e de brinde, dores de cabeça que são praticamente insuportáveis, para tal coisa, existe uma explicação comprovada cientificamente.

Foto:Reprodução

Os cientistas alegam que a relação amorosa trabalha como um analgésico natural nestes casos específicos, por isso não existe nada melhor do que ir para cama e evitar mais complicações durante “aqueles dias”.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *