Vício por selfie é reconhecido como transtorno mental por médicos: “tiro 200 selfies por dia”

Alguma vez já passou pela sua cabeça que tirar selfies pode ser motivo de um distúrbio mental? É exatamente o que um jovem britânico chamado Junaid Ahmed possui. O rapaz de apenas 22 anos de idade, é um famosinho nas redes sociais, seu Instagram conta com mais de 50 mil seguidores e isso não é o mais surpreendente.

Reprodução:Instagram junaidahmedx

Vício por “selfie” é reconhecido como transtorno mental por especialistas

O jovem chega a tirar mais de 200 selfies por dia e por mais bizarro que seja, ele calcula com muita precisão e cuidado a hora exata em que deve publicar uma foto, apenas para poder alcançar o maior número de likes possíveis. Vale ressaltar que se sua publicação tiver menos de 600 curtidas, ele apaga e faz outra.

Ele afirmou que assim que posta uma imagem, não demora nem dois minutos para ela alcançar 100 pessoas e logo 100 curtidas, diz que seu aparelho celular chega a travar de tantas notificações, acha isso uma coisa surreal e incrível. Porém, um estudo recente acabou sugerindo que a obsessão em tirar selfies pode ser um distúrbio mental batizado de selfitis.

Pesquisadores de diferentes lugares do mundo compartilham a mesma opinião, é o caso dos da Universidade de Nottingham Trent, Inglaterra, e da Thiagarajar School of Management, localizada na Índia. Eles pensam que o desejo compulsivo de querer tirar selfies e publicá-las nas redes sociais mais de 6 vezes ao dia, é uma selfitis crônica.

Reprodução:Instagram junaidahmedx

Junaid até mesmo revela que suas fotografias causam alguns conflitos internos com seus familiares, muitas vezes um deles pergunta se o rapaz não é capaz de almoçar sem tirar uma selfie e ele imediatamente diz que não, que não perde tanto tempo se arrumando para depois não tirar uma simples foto.

Também contou que no começo era muito afetado pelos comentários negativos em suas publicações e hoje esses comentários não importam mais como antes, mas alegou que já fez mudanças em seu rosto por conta de uma forte pressão exercida sobre ele nas redes sociais.

Foto:Reprodução

Disse ter consciência dos pontos negativos em ser tão focado assim na internet, porém, disse que elas são divertidas e devem ser usadas com essa finalidade, pois existem pessoas que desejam ser o que outras são na web, e isso não é uma boa ideia, não vale a pena.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *